Translate

30 de out de 2011

DIETA DA SOPA...funciona?

As dietas rápidas e milagrosas estão acessíveis em muitos meios e se tornaram uma febre na 


atualidade. Entre elas está a dieta da sopa, conhecida por conter essencialmente legumes, com 


predominância do repolho e zero de proteína animal (carnes), devendo ser realizada por cerca de 


uma semana. Mas será que os nutricionistas veem essa opção, tão divulgada nas revistas, como 


indicada para o emagrecimento?



A nutricionista Adriana Zupo Domeneghetti explica que uma dieta que consiste no consumo de 


sopa em todas as refeições sem qualquer proteína animal não é o recomendado. “Não existe 


nenhuma orientação, ela se popularizou no boca a boca e por intermédio de revistas que cultuam o 


corpo. Eu não indico e nós não recomendamos no hospital por ser uma dieta que pode levar à 


queda do sistema imunológico”, diz a especialista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

De fato, exceto pela alegria momentânea de se conseguir perder peso drasticamente num período 


curto, o método traz muitas desvantagens e perigos. Uma dieta como essa fornece entre 700 e 


800 calorias por dia, ou seja, é uma dieta hipocalórica, em que não há nenhuma preocupação em 


se alcançar os macronutrientes necessários, proteínas, sais minerais, vitaminas. 

“Em trabalhos acadêmicos que acompanharam casos de pessoas que aderiram a essa dieta, 


existem relatos sobre terem tonturas, mal-estar, desmaio, falta de concentração, dor de cabeça”, 


avisa Adriana. Segundo esses estudos, se a pessoa seguir essa alimentação por um tempo muito 


longo pode ter queda de cabelo, unhas fracas e até anemia. “A dieta líquida só é recomendada 


quando se faz a gastroplastia (cirurgia de redução de estômago), mas há um acompanhamento, o 


especialista prescreve suplementos e, a qualquer sinal de desnutrição ou anemia, a internação é 


feita”, explica. 

Há ainda um fator mais significativo para quem está em busca do corpo perfeito. Cerca de 90% 


das pessoas voltam ao peso anterior e ganham mais peso depois do primeiro mês após a dieta da 


sopa. “Por não haver uma mudança comportamental, as pessoas voltam aos antigos hábitos, e o 


peso aumenta”, avisa. Se feita muitas vezes, o corpo também passa a não responder da mesma 


forma e a pessoa já não perde peso como antes. Além disso, ao perder peso rapidamente a pessoa 


também perde muita massa muscular, prejudicando a queima de calorias e o gasto de energia, que 


no nosso corpo é realizado pelo músculo.

A especialista mostra o melhor caminho para o emagrecimento. “Procure um profissional treinado 


em prescrição de cardápio para acompanhá-la e pense em fazer uma reeducação alimentar, com 


mudanças comportamentais, incluindo a atividade física”, finaliza. 




discovery mulher