Translate

30 de dez de 2011

Saltos de até cinco centímetros podem trazer benefícios para saúde



Vilão dos pés, mas herói do figurino. O salto alto faz a cabeça da mulherada, e também dos homens, que veem esses sapatos como objetos de fetiche. Contudo, esses são amplamente criticados por médicos e podem causar dores e bolhas em algumas ocasiões.  O professor de cirurgia vascular e pesquisador da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), João Potério Filho, estudou o salto alto e chegou à altura ideal: cinco centímetros.
O pesquisador fez com que as voluntárias andassem na esteira com sapatos de salto alto e esse experimento mostrou que aqueles com até cinco centímetros ajudam a bombear mais sangue e a diminuir a pressão nas pernas. “Mas isso não vale para as pessoas que tem o joelho em X ou pé chato”, diz o médico. “Para quem não tem estes problemas, não há contraindicação e o uso é até indicado”. Além do tamanho, é preciso dar atenção à estabilidade. O salto muito fino facilita as entorses e as quedas, por isso não é indicado.
“Um dos sinais de que a mulher não está adaptada ao sapato que usa é a postura. Se estiver com o tronco muito para frente e com a lombar muito curva (bumbum empinado), é indício de que está fazendo muito mais esforço para caminhar”, orienta o especialista.


Natália Barbosa
boasaude.uol